-

Uma caravana da cidade de Aripuanã, liderada pelo prefeito Ednilson Luiz Faitta, participou da Conferência Rural Sustentável e do Fórum de Desenvolvimento Regional, realizado entre os dias 11 e 12 de junho no município de Cotriguaçu. Na pauta, a discussão sobre as ações de dinamização Econômica, Social e Ambiental das Políticas Territoriais em Mato Grosso.

Durante os dois dias, prefeitos e demais lideranças das cidades de Aripuanã, Rondolândia, Colniza, Cotriguaçu, Castanheira, Juruena e Juína, região Noroeste do Estado de Mato Grosso, estiveram reunidos com representantes do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Ministério da Pesca, Ministério da Integração Nacional, entre outros.

O superintendente da Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf-MT) Gilson  Cesar do Nascimento, avaliou o encontro como um marco positivo. “Foi um ponto inicial para podermos realmente trabalhar com diretrizes e buscar um desenvolvimento concreto e sustentável para a nossa região”.

A prefeita de Cotriguaçu Rose Nervis destacou a importância do debate, que segundo ela contribuirá para o crescimento da região Noroeste. “É o que nós queremos! Que a nossa região apareça tanto no cenário estadual quanto no federal. Não queremos que situações caóticas venham se repetir como aconteceu nos últimos meses”.

Cleber Ávila, diretor de Implementação de Programas e de Gestão de Fundos da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), elogiou a iniciativa dos municípios do noroeste. A ação, segundo ele, servirá como alerta para que o governo possa dar mais apoio, especialmente para os produtores da região. “Nós temos aqui uma região rica em gado, recursos florestais, e em processo agrosilvopastoril focado principalmente na agricultura familiar” observou.

O prefeito de Juruena Cecílio Rosa Neto citou os setores que precisam ser alavancados com urgência. “Estamos há 30 anos na região e não conseguimos acompanhar o avanço percebido em outros municípios, seja na área da produção, saúde, educação, agricultura e no esporte. Pregamos a igualdade há anos, mas infelizmente ainda estamos um pouco fora da realidade”.

Durante o evento, a superintendente Federal do Ministério da Pesca no Estado de Mato Grosso Marlene Assunção, explicou sobre as ações da pasta. “Falamos muito em alinhamento das políticas públicas entre os governos estadual e municipal, passando orientações aos prefeitos de como eles precisam organizar a estrutura em cada administração” disse.

Para o prefeito de Aripuanã Ednilson Luiz Faitta, o planejamento das ações precisa ser feito através de parceria entre os municípios que compõem a Região do Vale do Juruena. “Há uma conscientização de que é necessário discutirmos nossas necessidades econômicas, então temos que trabalhar muito a união entre os municípios para buscarmos as soluções para o desenvolvimento sustentável da nossa região” lembrou. 

 

O presidente da Câmara Municipal de Aripuanã Jessé Martins Vaz falou sobre a participação do Legislativo nas discussões sobre o tema. “Houve várias propostas que serão levadas a Conferencia Estadual, na qual estarei participando como delegado regional por Aripuanã. Com esse movimento esperamos trazer diversos benefícios para o município e também para a região”.

Também participaram do evento o vice-prefeito de Aripuanã Junior Dalpiaz, 1ª dama Cleide Alessandra, secretários municipais de Agricultura Florisvan Ferreira, Meio Ambiente Zé do PT, Governo e Planejamento Vinícius Kaiser, vereador Claudionaldo Aguilar, além de presidentes de associações rurais do município.

O encontro foi promovido pela Ajopam/Território Noroeste e CIDESA Vale do Juruena, MT Regional e EMPAER.

Fonte: Redação e foto: TOP NEWS/ EDSON PRATES