-

Com a prerrogativa de defender o fortalecimento do poder legislativo municipal e a independência dos poderes, Ismaili Donassan, presidente da UCMMAT – União das Câmaras Municipais de MT, esteve em Brasília, juntamente com a UVB – União dos Vereadores do Brasil, participando do evento “Debates pelo Brasil” onde, na manhã de hoje (18), proferiu alguns questionamentos, juntamente com o Senador Cyro Miranda (PSDB-GO) – autor da PEC 35, Senador Paulo Paim (PT-RS), Gilson Conzatti que é presidente da UVB e mais de 300 vereadores de todo país.

Ismaili salientou em sua palavra que se fosse aprovada a PEC 35, estariam criando o “mensalão municipal”, pois o vereador ficaria a mercê dos desejos e do poder econômico do prefeito que teria  a autonomia financeira do município. “Estava muito preocupada com os rumos que seriam tomados pela PEC 35 que poderia acabar com o pagamento de subsídios da maioria dos vereadores, uma vez que, a ideia seria retirar o subsídio dos vereadores de municípios abaixo de 50.000 habitantes, o que representa 89,41% dos municípios brasileiros, meu estado, Mato Grosso, por exemplo, apenas 9 municípios gozariam de subsídios, por isso, precisamos unir forças e mostrar a importância do vereador para o país” disse Ismaili.

Através do Requerimento 269/2013, do Regimento Interno do Senado Federal, o Senador Cyro Miranda pediu na terça-feira (09) a retirada de tramitação da PEC nº 35, de 2012, da qual era o primeiro signatário.

Ainda, no uso de sua palavra, Ismaili salientou ao Senador Cyro Miranda que muitos, citam que, esta PEC 35 não passaria no Senado Federal, mas que, sua preocupação era totalmente ao contrário a este pensamento. “Salientei ao Senador Cyro Miranda da minha indignação e minha preocupação quanto a esta PEC 35, porque, já tivemos situação parecida na Emenda Constitucional 58 que tirou 1% do repasse dos municípios brasileiros e, na época, todos comentaram que não passaria e o que aconteceu, passou e nos foi tirado 1% de repasse, hoje, nos vivemos no gargalo dos municípios com menos de 50 mil habitantes, se esta PEC fosse aprovada, teríamos um grande problema, muito maior do que imaginávamos, quero parabenizar ao senador Cyro Miranda por repensar e retirar a PEC 35 do senado federal” disse Ismaili.

Presidente da UCMMAT ainda desabafou que “de palavras bonitas estamos cheio, ouvir dizeres como “o vereador é o para-choque da sociedade” ou “o vereador é para-raios da sociedade” não nos satisfaz mais, discurso bonito nós estamos cansados, nós queremos ser ouvidos, essa é a grande realidade do vereador no Brasil” concluiu Ismaili.

Fonte: Juninho Poyer - ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA UCMMAT