-
 
 
Hackers invadiram na quinta-feira, 09 de março, o servidor da Câmara Municipal de Aripuanã danificando todo o sistema informatizado do Legislativo. Após a invasão, o Portal da Transparência e de notícias da Casa de Leis seguem sem acesso. O sistema de informação Mensal (SIM-AM) também está fora do ar.
 
Foi constatada ainda a perda de dados do sistema contábil da folha de pagamento; orçamentos; controle interno; tesouraria e jurídico; inclusive todos os arquivos do Word e Excel de todos os computadores do local. O presidente da Câmara, Valtenir da Silva (PMDB) registrou um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Polícia Judiciária Civil do município.
 
A situação, que só chegou ao conhecimento da imprensa na manhã desta segunda-feira (13), deixou grandes prejuízos ao Legislativo, afirmou o Presidente. Há previsão que a Câmara Municipal volte os trabalhos na sexta-feira (17), caso também restabeleça o sistema e volte ao ar. O presidente Tita da Morena informou ainda que não haverá Sessão Ordinária hoje.
 
Após a invasão, na tentativa de conseguir dinheiro da Câmara, os hackers deixaram mensagem gravada na área de trabalho dos computadores informando que para suporte técnico, ou seja, devolução dos arquivos, o contato deveria ser feito pelos endereços eletrônicos, que não foram repassados a imprensa.
 
Mas conforme informações extraoficiais “Eles ‘sequestram’ os arquivos e depois pedem resgate para devolver tudo. Para o contato deixaram endereços de e-mail que aparecem nas telas dos computadores, mas não foi feito retorno, pois não teriam como pagar”. Como a Câmara não fez a negociação para ter os dados de volta, todas as máquinas passaram por formatação e reinstalação do sistema.